Alguém Conhece? Marina Mott


Marina Mott, ai ai, Marina Mott, nem sei como começar a falar dela. Sabe ela é uma gracinha de pessoa, linda, cheia de gás, ser advogada é sua segunda paixão (a primeira são seus filhos), e sua terceira paixão é a culinária. Como depois dos trinta a gente esquece a idade, que por sinal ela aparenta ter uns 25, é uma mulher de fibra e divide seu tempo entre o tribunal e a cozinha. Dona de uma mão de midas para a culinária tem uma marca: Marina Mott - Macarons, Bem casados, Bombons, Tortas, Bolos, Mini Bolos, Cupcakes e Lembracinhas. Ela é Confeiteira e Personal Chef. Paulistana, tb divide sua vida no centrão de São Paulo e no interior na chacara que ama e que é aonde ela se esbalda na cozinha.

Coisas da Gigi: Ai linda nem sei como começar, sou sua fãzoca e te adoro, pronto rasguei seda para um vestido de noiva todinho, mas vamos lá. Marina daonde começou a paixão pela cozinha?

Desde que eu me entendo por gente. Ou seja, há 25 anos atrás..(hahahaha, essa é ótima!! Marília, você é um anjo!!- são 46 anos e tudo certo, (ESSA EU NÃO ACREDITO) não tenho encanação com a idade, ao menos por enquanto).Sempre gostei de observar e estar nas cozinhas de todo mundo, de todas as casas e sítios e fazendas pelas quais andei na infância, adolescência e idade adulta. Minha Nonna cozinhava muito bem e para muita gente sempre (8 filhos, 30 e muitos netos), e minha mãe então..

Coisas da Gigi: Você tem alguma especialidade, algo que gosta mais de fazer?

Adoro fazer doces, decorá-los e arrumar a sua exposição...e massas! Adoro fazer pão, macarrão etc...

Coisas da Gigi: E vc simplesmente foi fazendo ou fez algum curso pra essas gostosuras?

Saio sempre tentando e quebrando a cabeça. Sempre mexi na cozinha sem nenhum receio. Só fiz duas aulas de cozinha: uma aula, fazem bem uns 25 anos, de doce sírio, uma tarde, junto com a minha mãe; e recentemente uma aula de macarons (depois de já estar fazendo há um bom tempo e de ter errado muito).

Coisas da Gigi: O direito é tua outra paixão, como vc equilibra duas paixões tão distantes?

Não equilibro...hahaha...Brincadeira. Trabalho o dia todo no escritório e muito cedo ou muito tarde vou para a cozinha;... porque tem ainda a casa, os filhos, compras etc etc

Coisas da Gigi: Como é a Marina no dia a dia?

Ah, eu sou uma pessoa do dia. Adoro a luminosidade, lugares abertos, plantas, bichos, todas essas coisas. Durante o dia topo qualquer parada e vou combinando um monte de coisas e aí...

Coisas da Gigi: E como é a Marina na noite?

Quando chega a noite...depois do trânsito caótico daqui e depois de ter já trabalhado (levado filho na faculdade, ido ao fórum, tribunal, escritório etc etc) o dia todo, vou descombinando tudo o que combinei para à noite, porque quero mais é a minha casinha...

Coisas da Gigi: O que é ser uma Personal Chef?

É elaborar um menu exclusivo para cada pessoa, levando em conta seus gostos, estilo, local e motivo do evento, todas essas coisas.

Coisas da Gigi: E os filhos nos conte mais sobre a sua cria?

São três: a mais velha é formada em letras pela USP e está fazendo mestrado lá; dá aulas de inglês, francês e espanhol; o do meio, que tem 23 anos, faz publicidade na Anhembi e está estagiando; e, a caçula, que tem 20 faz jornalismo na Cásper. São meninos ótimos e convivemos super bem! Adorei ser mãe, acho mesmo que é um grande papel e eu o desempenho com muito prazer (claro que com todos os percalços e preocupações também, mas com todas as muitas alegrias).
Ah..duas cachorras, a Rebeca e a Sofia, e a Gata Maia.



Coisas da Gigi: E como foi a vida da Marina, da infância até hoje?

Como é difícil responder isso!!
Vou fazer um resuminho:
Acho que foi uma vida como a de muitas pessoas, com muitas alegrias, algumas perdas (meus avós, meu pai - que eu idolatrava- e uma irmã- uma tristeza), alguns traumas ...
Tive o privilégio de ter uma infância bem feliz. Nada demais, mas feliz! Muito tempo na casa da Nonna e do Nonno (pais da minha mãe), com meus primos e um quintal imenso onde podíamos fazer qualquer coisa, até cavar um buraco enorme e encher de água para fazer uma lago (que claro, nunca ficava cheio, e a gente se enchia de barro); todas as férias em Águas de Lindóia (onde tem a chácara de que falou), que a gente (eu, minhas irmãs e meus primos, esses paternos) adorava! Andávamos à cavalo todos os dias, nadávamos, andávamos a pé pela cidade inteira...
A dança me acompanhou até o início da idade adulta e foi uma paixão também. Casei com 18 anos, tive meus três filhos e após 20 anos nos separamos. Foi um casamento muito bom. posso dizer que fomos felizes. E, com a separação que eu comecei a trabalhar com a advocacia (com minhas comidas eu sempre mexi, mas era uma coisa descompromissada...). É por aí..

Coisas da Gigi: E a vaidade? Com o que vc se preocupa com a vaidade?

Eu adoro ir ao salão, fazer a unha (amo esmalte vermelho!! na mão e , via de regra, um branquinho tipo renda no pé), isso não fico sem; sobrancelha, ih...não fico sem tirar; depilação, idem; e os cuidados com cabelos, mechas, hidratação, silicone etc etc. ...também não fico sem... Não passo creme no rosto a noite...odeio dormir melada; não dispenso óleo de banho (e confesso que vou pelo cheiro); falando em cheiro...perfume, todo o dia, mesmo que vá ficar em casa; e lápis, rímel e delineador (acho que já nasci com eles) every single day!!! Não fico um dia sem filtro solar no rosto 35; odeio academia (pronto: admito!), mas gosto de caminhar e ando ensaiando começar uma aula de ioga porque sou super agitada, mas não sei se vou dar conta justamente por causa disso...Adoro, com fervor, uma bela roupinha e ...sapatos, especificamente sandálias e salto. Não fico sem salto e vestido. Uso vestido, saia quase todos os dias...e foulards ...


Coisas da Gigi: E Marina no amor?

Uma coió de mola!

Coisas da Gigi: Vem cá Marina, me dá tua mão o teu desejo é o meu desejo... Claro que mudei a música, mas você é romântica?

Ah...eu sou...

Coisas da Gigi: O que te faz mais feliz?

Nunca sei responder perguntas assim: qual a sua cor preferida; seu livro predileto; filme; música etc...cada dia sou capaz de preferir uma coisa. O que me faz feliz é um monte de coisa e eu não sei dizer, mas pode ser um dia sem nada de ruim com nenhum dos meus; é ver um pão crescer; qualquer planta do jardim com flor; estar cansada e poder dormir; o fato de ser sexta feira à noite, depois do trabalho!!; achar alguma coisa que eu estava procurando; ler um livro bom; ver um filme legal; esperar uma coisa e ela acontecer e não te desapontar; um prato de massa ao sugo cheio de parmesão ralado etc etc etc

Coisas da Gigi: O que te preocupa mais?

O bem estar e a segurança dos meus filhos.

Coisas da Gigi: E pra onde Marina vai daqui pra frente?

Prá frente, é só o que eu sei!!

É por aí galera, essa é minha querida Marina, um dos primeiros blogs que conheci e já comecei admirando essa pessoa linda, quer conhecer mais? Dá uma passadinha no blog dela. Mas cuidado, há o perigo de vocês ficarem babando no teclado com as delícias que ela faz e ainda se aventurarem com as receitas dela.















Categories:

9 Responses so far.

  1. Ah Marina linda amiga queridíssima!! Ela é uma fofa e muito doce em todos os sentidos!! Adorei a entrevista!!! Beijocas

  2. Odeio ir em casamentos, mas AMO bem casados! haha
    BjoO

  3. Ro says:

    Marilia acertou em cheio na entrevistada.
    Pra fazer uma sexta doce , só com a fada Marina.
    Amo as duas de paixão.
    Milhões de beijos pra dividir.

  4. Ly Mello says:

    Sou suspeitérrima!!!!!
    Acho a Marina linda de viver, super talentosa, mega simpática, uma fofa!
    Tão legal a gente poder ler esse tipo de entrevista e ficar um pouquinho mais íntima de quem a gente admira tanto!
    Adoreiiiiiiii a escolha!!!

    Marília, tem tag pra vc lá no blog!

    Bjs.

  5. Essa entrevista tornou a vontade de conhecer a marina irresistível!!!
    adorei!!!

  6. Que honra, Marília!!
    Muito obrigada!
    E, Rô, obrigada, amiga!!
    Bjs!

  7. Luthien says:

    ahh, gostei da entrevistaa... tô amando o seu blog.
    Eu tô estudando dieito, tb amo cozinhar e tb sou super vaidosa. Me identifiquuei muito com ela, que parece ser um amor de pessoa

  8. Amei a entrevista, me serve de inspiração para tentar continuar cozinhando msm me achando mto ocupada.

  9. Natalia says:

    Que doce de pessoa, passei no blog dela e fiquei apaixonada.

Leave a Reply

Comentários são muito bem vindos, sempre, a opinião mesmo que contrária será sempre respeitada. Porém aqueles que fugirem às regras do respeito mútuo não serão publicados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.