Alguém Conhece? Veronica Kraemer



Eu sempre tive o maior respeito por artistas,  todo tipo de arte, em qualquer área: cinema, teatro, televisão, moda, artesanato e etc.
Eu acho que as pessoas que tem a habilidade de criar, tem um coração enorme. E essa é a principal característica da nossa entrevistada de hoje. A incrível habilidade de criar, uma verdadeira midas do artesanato, e o coração imenso que ela tem. Alguém conhece Veronica Kraemer?

A minha amiga (posso chamar assim? Claro todo mundo pode!) Veroka, é paulistana de tantos poucos anos e tem um blog o Além da Rua Atelier, que é um adendo do estúdio aonde ela faz acontecer a mágica. Sim porque ela não conta, mas tenho certeza que é ela é uma bruxinha boa que faz as peças mais incríveis do mundo, que nos inspiram tanto na arte quanto no coração.

Coisas da Gigi: Veroka não podia deixar de perguntar, há vida fora da net?

Com certeza há muita vida fora da net!!! É claro que a net ocupa muito de meu tempo, costumo dizer que o blog é como um filho pra mim, ao qual dedico muita atenção e amor.
Muitas vezes ouço pessoas dizendo pra eu desencanar um pouco, não ficar tão neurótica com internet, mas é impossível, pois alio tudo que faço na net a meu trabalho, ou seja, uma coisa puxa a outra.
Fora as amizades virtuais que não têm preço, né?
Para não perder tempo com coisas que não me acrescentavam em nada, fechei meu orkut e o facebook. Assim sobra mais tempo para a vida fora da net !!!



Coisas da Gigi: E nessa vida além mundo virtual o que você faz, claro quando não está no estúdio?

Adoro sair à noite, sentar num boteco e jogar conversa fora.
Gosto de ir ao cinema e visitar pessoas queridas.
Amo viajar e conhecer ou revisitar lugares especiais.
Preciso muito do contato com minha famíla, seja viajando para rever minhas sobrinhas que são as luzes da minha vida como nos almoços aos domingos. Estes encontros são recarregadores de baterias !!!


Coisas da Gigi: Afinal de contas o que é Além da Rua Atelier? Como surgiu?

O Além da Rua Atelier surgiu há uns 11 anos.
Na verdade, sou formada em psicologia e trabalhava como Acompanhante Terapêutica, na área de Saúde Mental.
Alguns de meus pacientes foram internados e eu e meu companheiro na época (hoje ex, tá?) nos vimos em muitas dificuldades, mas re-descobrimos juntos um dom, o dom de pintar, de transformar.
Começamos a pintar vasinhos que compramos no Ceasa, com dinheiro emprestado de um amigo, e vender na rua, na esquina da Teodoro Sampaio com a Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, em Pinheiros. Época boa essa, viu?
Como os vasos fizeram sucesso, houve  aumento da demanda, e não havia mais espaço em casa para guardarmos todas as tintas e matérias primas.
Alugamos uma casinha que foi nosso primeiro Atelier e demos o nome de Além da Rua, porque conseguimos ir além da rua, literalmente.


Coisas da Gigi: Como é a Veroka no dia a dia?

Sou muito caxias...rsrsrsrsrsrs
Sabe aquela música: " Todo dia ela faz tudo sempre igual? "... - assim começo meu dia, com muita organização, pois detesto perder o fio da meada.
Com o passar do tempo, tornei-me mais flexível, pois , como uma boa  taurina, não gosto de nada que saia da rotina, e aprendi que a vida não pode ser assim, que devemos reservar espaço para as surpresas e imprevistos.
Sou muito organizada, pontual, gosto de comer sempre na mesma hora, sou brincalhona pacas e procuro sempre manter meu bom humor, mesmo nas horas mais preocupantes ou bizarras.
Estou sempre procurando o que fazer, não cosigo ficar um minuto sequer parada.
Sou muito ansiosa e amo ver o resultado de minhas atividades rapidamente, por isso tenho tanta produção, além de minhas alunas e de tudo o mais que faço.


Coisas da Gigi: Ela tem nome de mulher guerreira, e se veste de um jeito que só ela, ela vive entre o aqui e o alheio, ela é livre e ser livre a faz brilhar, ela é filha da terra, céu e mar. Me diz como é ser assim, como nosso querido Ivan Lins te descreveu?

Má, eu não sabia que eu era assim tão livre até que um amigo disse pra minha irmã que eu era do mundo.
Como me apego muito às pessoas, nem sempre as "certas" , achava que não era livre. Para mim, tudo era posse, raíz. Gostar era ter o objeto do amor.
Com o passar do tempo, percebi que sou livre sim, que ninguém é de ninguém, e que não temos nada além do amor que levamos DENTRO de nós. Percebi que não gosto quando alguém me vê como uma coisa, e percebi como sofria quando eu tratava alguém assim.
A partir daí, perdi esta necessidade de possuir, de ter, e é assim que espero que as pessoas ajam comigo.
É a liberdade com responsabilidade, respeito.
Foi assim que mudei minha vida e nunca mais fui a pessoa chata, ranzinza e possessiva que eu era.
A liberdade tornou-me alegre e leve!!!

Coisas da Gigi: Como você soube que gostava de artes? E quando foi isso?

Desde pequena eu amo desenhar, pintar, fazer cartões e vender!!! rsrrsrsrs
No prédio que eu morava com 6 anos fazia bolsas de PAPEL , cheias de detalhes, e vendia pras mães das minhas amigas (pobrezinhas).
Meus cadernos eram lindos, cheios de cores, tirava 10 em artes sempre, ganhei concursos e por aí vai.
Trabalhando como psicóloga, meus pacientes juravam que eu era Terapeuta Ocupacional, pois preferia fazer atividades como pintura com eles do que fazê-los sentar e ficar falando de seus problemas.
Eles diziam que se eu não fosse mais trabalhar com psicologia, seria pintora ou atriz. Sábias pessoas, das quais tenho muitas saudades.

Coisas da Gigi: Na parte de artes o que você mais gosta de fazer?

Eu amo reciclar e transformar móveis, adoro pintar paredes, vasos e telas.
Tenho paixão também por ensinar tudo aquilo que sei fazer.
Adoro pegar objetos pelos quais ninguém dá nada, ou quase nada, e deixá-los tão diferentes e lindos que nem parecem os mesmos!!!


Coisas da Gigi: Nós sabemos que para o artista a inspiração é tudo. E daonde você tira a sua? Como vêem suas idéias?

Funciona assim: se eu estou feliz, leve, estou inspirada. Quando estou preocupada ou triste, tenho que me forçar para começar a fazer as coisas. Depois, tudo flui.
Quando estou apaixonada, faço coisas tão lindas que nem sei daonde saíram as inspirações... rsrsrsrsrs. É como se eu estivesse hipnotizada, em outro plano mesmo, captando idéias com a mente mais aberta, quando a intuição e a magia funcionam melhor.
Outro fator importante para a inspiração são meus clientes.
Se o cliente é legal, gosta do que faço, me dá carta branca, o trabalho flui muito bem.
Se o cliente é cricri, ou muito preocupado com o resultado, a inspiração trava. Recuso muitos trabalhos porque , apesar de fazer tudo como o cliente quer, tenho que ter minha margem de inspiração e criação.
Detesto fazer as coisas sob pressão.
Concluindo, a inspiração vem de um ambiente alegre e leve, da satisfação com a vida e com as pessoas que me rodeiam.


Coisas da Gigi: Veroka o que te tira o sono?

Olha, é difícil eu perder o sono, viu? Costumo dormir muito bem, mas o que me tira o sono são preocupações financeiras, contas a pagar, e problemas na família e com meus bichinhos.
Mesmo assim, acredito que nada como uma boa noite de sono para que possamos acordar e resolver a coisas de uma forma melhor. O sono faz a gente parar de pensar, sair do círculo vicioso, proporcionando novas saídas para aquilo que antes parecia não ter solução.
Costumo dizer: Nada como uma boa noite de sono!!!

Coisas da Gigi: O faz de você uma pessoa tão pra cima, tão feliz? Como você consegue ser sempre tão alto astral? Dá a dica vai...

Má, você já leu Pollyana? rsrsrsrsrs
Parece besteira, mas eu digo que ninguém me pega !!! Posso estar podre, preocupada e triste, posso até ficar um dia inteiro meio estranha, mas pode ter certeza que no outro dia serei outra pessoa. Acho que não tem nada pior que você perguntar pra alguém se está tudo bem e a pessoa responder que não e começar a contar suas desmazelas.
Óbvio que há problemas, dilemas, etc. e tal, mas nada como encará-los de frente e sempre lembrar que eles são seus e de mais ninguém.
Já passei por muita coisa na minha vida, e quando havia um OCO em mim, quando eu não acreditava mais em muita coisa, eu abaixava a cabeça e trabalhava. Então, estando feliz ou triste, estou sempre criando e acredito que isso foi a cura pra mim, abaixar a cabeça e trabalhar!!!
Tudo isto aliado à fé que tenho em algo muito maior, fé que aprendi a ter, sabe?
Com a criação vem o alto astral, a possibilidade de alcançar novos objetivos, a visão de fatores que antes não existiam, ou que não conseguíamos enxergar.
Aquilo que parecia tão grande e monstruoso torna-se pequeno, há espaço para o amor, a compaixão,a fé. O que era ruím passa a ser visto como aprendizado.
Agradeço por tudo que acontece, pois acredito que mesmo o que me causou tristezas apareceu para me fazer evoluir.
Seguindo esta linha de pensamento, não é melhor passar por tudo com alto astral, amor???
Desta forma, vivo a vida com mais leveza e sei que esta alegria que as pessoas sentem aqui é boa tanto para mim quanto para elas.



Coisas da Gigi: E o blog, como surgiu a idéia?

Comecei o blog para deixar registrado os trabalhos que eu fazia, e muitas vezes escrevia umas viagens minhas também, mas quem lia? A família, namorado, e eu ficava feliz.
Eu que tenho meus diários desde que me entendo por gente montei meu diário virtual, sabe?
De repente, percebi a quantidade de pessoas que entravam em contato comigo através de meu humilde bloguito, tanto interessadas em comprar minhas peças quando agradecendo por meus posts.
Aí, a coisa ficou séria, e percebi que temos uma ferramenta de incrível alcance em nossas mãos.
O blog me proporciona divulgar meus cursos , atender pessoas e fazer amigos que nunca faria se dependesse apenas da localização física.
Agora também publico vários passo a passo que sei que ajudam muitas pessoas que moram a quilômetros de distância.
Compartilhar, trocar experiências, fazer amigos , divulgar meu trabalho, por isso amo TANTO meu blog!!!
Muitas portas abriram-se e muitas outras se abrirão, graças a esta ferramenta maravilhosa!!!

Coisas da Gigi: E agora Veroka, por onde anda e por onde andarás?

Ando pelo mundo, mesmo estando sempre aqui em meu Atelier. Meu maior sonho é conseguir tirar férias e viajar por aí, cada ano um pouquinho. Enquanto faço meus planos e planto minhas sementinhas, sigo criando !!!


Essa é a Veroka do ALÉM DA RUA ATELIER, querem ver os trabalhos dela? Então corram lá, vocês vão adorar tanta inspiração e beleza. Veroka um beijo grande no teu coração, você é uma pessoa linda de um coração enorme.

Categories:

21 Responses so far.

  1. Má, amei ser entrevistada por ti, ficou lindo de viver!!!
    Obrigada minha amiga!!!
    Beijosssssssssss e um final de semana MARAVILHOSO pra ti
    Vero

  2. Parabéns a "dona" do Blog pela escolha.. Adorei a entrevista, Veroninca é muito carinhosa e atenciosa, conheci a pouco pelo TT e logo percebi
    Como diria meu saudoso pai:
    "É uma pessoa do BEM"

    sucesso beijos

    @fuxicosretalhos

    Renata Arruda

  3. Ótima entrevista...

    Amei...

    Bjoks

  4. Santinha says:

    Essa menina tem talento e garra e eu adorei conhece-la pessoalmente. Só não registramos ainda pq. foi tudo muito rápido.
    É tudo isso e mais um pouco viu!
    Parabéns pela entrevista e salve, salve a Veronica muito além da rua!
    bjks e lindo final de semana

  5. Margaret says:

    A Vero, amiga do meu coração, e mesmo sabendo que ja sei muita coisa sobre ela, descubro a cada postagem e a cada entrevista o quanto é uma pessoa do bem.
    Posso dizer que adorei?
    Parabens!
    Margaret

  6. Essa menina é mesmo um encanto!
    Linda entrevista.
    Beijinhos.

    Flores e Luz.

  7. Adorei a entrevista, mas tb não tinha como não gostar tendo a Verônica como estrevistada.
    Ele demonstrou aquilo que ela é no seu blog, sempre alto astral e generosa, ensinado o que sabe.

    Bjs♥ e parabéns pela ótima escolha!

  8. Ai que legal essas entrevistas no seu blog!! parabéns!! e vc está bem?
    beijuuu
    www.sermulhereomaximo.com.br

  9. claudia says:

    Não apenas a conheço,como conheço a menina ao lado dela...titia coruja é essa ai!!!Parabéns pela entrevista e continue trazendo gente de calibre e atitude que nós adoramos!!!

  10. Nana says:

    Tem como não amar a Veroka??
    Depois dessa entrevista, amo mais ainda, ela é um ser lindo de ver e se viver.
    Bjss

  11. Hummmm gostei da Veroka!! muito bom conhecer pessoas amigas assim.vou la conhecer seu blog.
    bjssss

  12. Nossa, ela tem muitos mosaicos fofos! Adoreeei, ótima dica!
    Minha avó é artista plastica, ela faz pintura acrílico sobre tela... Sou suspeita para falar das telas dela, mas acho o máximo! hahaaa
    BjoO

  13. Deivid F. says:

    ahh quem não conhece não é ??
    ela é maravilinda com trabalhos maravilindos.

    Sucesso sempre

  14. c r i s says:

    Ma, que loucura tá isso aqui!! Tá tudo lindo!! E a Vero é uma lindinha...parabéns!! Bjokas!!

  15. Olá, Passei para conferir a entrevista da Veronica e simplesmente amei. Perguntas e respostas muito inteligentes, sensíveis e verdadeiras. Parabéns para a Veronica por nos proporcionar sempre tanta inspiração e parabéns você pela excelente escolha e ótimo blog.
    Beijos
    Isabela Kastrup- Blog Arrumadíssimo

  16. Ly Mello says:

    Conheçoooooooooooooooo e amooooooooooooooooooooooooo!!!!!

    Menina, quanta coisa boa a blogosfera me trouxe, e uma delas é a Vero! Linda, amiga, querida, dedicada, generosa, meiga, aiiiiii, ela é tudo de bom!!!!!!

    Beijocas pra vcs.

  17. Fantástica a entrevista. Linda a história de luta e perseverança da Vero. Explica muito do talento e da leveza de alma que ela possui.
    Beijos

  18. Selma says:

    Adorei muitoooo!!! bjks no coração Verô!!
    Parabéns Gigi pela otima escolha . Adorei seu blog !!
    Bjks!!

  19. Ela é linda e fofa mesmo!!!

  20. Oiê, vim ve a entrevista da Verônica e aproveitar e conhecer seu canto....gostei muito...mas posso xeretar? Talvez ficarima melhor se vc colocasse o texto de resposta da Veronica em tom claro, devido ao fundo do seu blog ser escuro, confesso que pra mim foi difícil de ler.

    Mil perdões por dar pitako!

    beijos

    Joana Campos

  21. Adorei, a Vê realmente é um amor de pessoa, parabéns pela entrevista!!!

    Bjos.
    Mi

Leave a Reply

Comentários são muito bem vindos, sempre, a opinião mesmo que contrária será sempre respeitada. Porém aqueles que fugirem às regras do respeito mútuo não serão publicados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.