Pedi e Caroline deixou.... A Fofoca






Ficaram assustadas com a imagem? Mas o assunto é esse mesmo. Fofoca!

Eu li um post no blog Coração Cadente, da nossa linda Caroline Raphaeli, sobre fofoca este aqui.

E acabei pedindo à ela se eu podia falar um pouco mais do assunto. Achei a abordagem dela muito interessante, e é claro como eu gosto de assuntos polêmicos, queria dar meu pitaco e não satisfeita em dar meu pitaco no blog dela queria dar meu pitaco aqui também.
E ela deixou.... Então vamos lá, palavras de Caroline:

Eu detesto tititi, blá, blá, blá...Ainda mais quando é tudo feito pelas costas da pessoa.
A fofoca tem o poder de contaminar, eu fofoco, você fofoca, todo mundo fofoca.Mas fofoca tem limite.Concorda?
Mas o que eu não concordo é esse vicio que algumas pessoas tem falar mal do outro pelas costas.Elas deveriam falar na frente,olhando nos olhos,expondo seu ponto de vista
Se você também tem esse vicio,acabe com ele!Uma pessoa que fala mal da outra pelas costas,perde a sua própria credibilidade.
Por isso:
Abra sua boca para falar coisas que acrescentem a vida dos outros. Tenha em mente de fazer com que as pessoas que conversam com você saiam edificadas e pare de perder tempo com comentários que não ajudarão acrescentar nada a vida de ninguém, até porque, amanhã ou depois, poderá ser você um alvo desse blá blá blá.

Achei fantástica as colocações dela e vou acrescentar as minhas. Muitas vezes nos vemos em uma situação que precisamos de conselhos em relação à uma determinada pessoa e recorremos à uma amiga (o) para isso. Isto não é fofoca, é um pedido de ajuda de como proceder quando não sabemos. Mas precisamos saber se essa amiga (o) realmente é uma pessoa leal e sensata que não vai sair espalhando o que você falou por aí. Porque se isso acontece fica parecendo que VOCÊ fez um comentário maldoso, daí vira fofoca.

Eu sou do tipo que fala pela frente, direto com a pessoa, e muitas vezes me dou muito mal com isso, porque nem sempre a pessoa quer ouvir o que você tem pra falar, principalmente se for um pensamento contrário, às vezes não é o momento propício para isso, então comecei a mudar meus hábitos, dar a minha opinião somente quando é pedida e ver antes se a pessoa está aberta à opiniões contrárias.

É isso mesmo, as pessoas têm vida, sofrem, amam, passam por situações, e às vezes uma opinião dada em momento errado pode fazer com que essa pessoa se vire contra você. Não é a pessoa que é má, mas o momento em que ela está passando  é mal. E até explicar que fucinho de porco não é tomada, daí virou uma briga geral.

Eu vi um dos comentários nesse post da Caroline, em que a pessoa falava: Não te abras com teu amigo que outro amigo ele tem. É por aí mesmo, você tem que saber se aquele amigo em que você está se abrindo não vai sair abrindo as portas dos teus comentários pra um milhão de amigos. Aí vira aquela brincadeira de criança do telefone sem fio que no final chega nos ouvidos da pessoa totalmente distorcido. É a fofoca assim como a mentira tem pernas curtas.

Eu penso assim, se alguém fala mal de mim pelas costas é porque está se incomodando com alguma coisa comigo, então fale pela frente, mas eu prefiro que seja essa pessoa. E não saber pelos outros. Vem o telefone sem fio de novo.

A fofoca tem o poder de destruir uma pessoa, ou duas, porque ela pode destruir os dois lados.

Primeiro como a Caroline colocou muito bem se vocês faz a fofoca tem que saber que um dia pode virar alvo de algum blá blá blá, e além do que perde a credibilidade, e tem coisa pior do que perder a credibilidade? Ninguém mais acredita no que você fala. É aquela história da criança sempre brincar que está machucado ou doendo alguma coisa, no dia em que estiver ninguém acredita.

E a pessoa que é o alvo? Caramba gente isso pode destruir. Por exemplo eu tenho síndrome de pânico, e outras síndromes por aí, então fico aqui na minha, quando alguém vem me contar alguma coisa se for da vida de outra pessoa eu falo logo: Não me conta não, porque se a pessoa quisesse ter sua vida exposta ela mesma falaria pra mim. Mas essa pessoa não contente vai contanto por aí. E quando a pessoa alvo da fofoca fica sabendo? Se é uma pessoa que tem algum tipo de problema psicológico, alguma depressão, ou está passando por algum momento difícil se não está pode ficar mais doente ainda. Se fechar pro mundo, ou fazer até alguma loucura. Já imaginou isso na consciência da pessoa que espalhou por aí?

E tem outro tipo de fofoca, a maldosa, aquela que a pessoa faz  para realmente atingir o seu alvo, e que geralmente é feita por motivos de inveja, é eita palavrinha duradoura na vida da gente. Inveja da competência, inveja do que temos seja material ou não. E vocês acham que ela vem de uma pessoa poderosa, certa de si e pra cima? Não ela vem em forma de carneirinho, daquela pessoa boazinha que você acha que nunca faria mal à ninguém, daquele que se faz de coitadinho o tempo todo. Então você nem desconfia! Isso é mais pernicioso ainda, porque muitas vezes não temos como separar o joio do trigo. Então se não conhecemos à fundo o alvo, começamos a acreditar nas maledicências do bonzinho. Daí quando o alvo descobre, é porque sempre se descobre, nem acredita o porque e daonde veio. É um balde de água fria! E pode ficar tão ou mais doente como citei acima.
Este e outros males podem ser causados pela fofoca para o alvo dela.

Então antes de falar algo, pense em falar diretamente com a pessoa, mas antes veja se a pessoa está em condições para ouvir, senão cale-se e espere outro momento. Se você quer ajudar, ajude, mas diretamente com quem você quer ajudar, às vezes a melhor maneira de ajudar o outro é ouvir o que ele tem a dizer e só. Sem nenhum palpite, sem tentar falar como tem de ser o rumo da vida da pessoa, só ouvir. Isso já vai ajudar bastante.

Somos cercados por mal-entendidos, então de uma maneira carinhosa exponha seu pensamento, mas só se for convidado à isso, senão cale-se. Em boca fechada, não entra mosquito.

E se você é do tipo de fofocar por mal, por inveja, ou simplesmente por hábito, ah por favor né? Quem não tem competência não se estabelece, em todos os aspectos da vida. Você nunca vai melhorar porque vai ver o outro por baixo, vai melhorar por seus próprios méritos, então em vez de invejar no que o outro tem, tente se espelhar, peça conselhos à essa pessoa, mas trilhe seu próprio caminho, ninguém é igual à ninguém, e cada tem seu jeito próprio e maneira própria de conduzir sua vida.

E aí vai uma música pra isso:


E o meu muito obrigada à Caroline que deixou eu fazer um adendo ao post dela. Bjs Carol. Desculpa pela demora Carol.

Categories:

13 Responses so far.

  1. Odeio fofoca, tenho verdadeira paúra disso, detesto todo tipo de conspirações, tititis e tudo mais, não tenho saco prá isso, não tem glamour nenhum rss, o que prefiro é o silêncio, que acaba logo com o ânimo do fofoqueiro....beijocas

  2. Amanda says:

    Odeio fofoca, não sou uma pessoa de falar por trás se preciso falar uma coisa chego e falo.
    Aprendi a manter distância de pessoas fofoqueiras e de fofocas, para não ter problemas.

    Bjos!

  3. hahahaaa....
    Adorei esse post Má!
    Assim, fofoca para fazer picuinha, falar mal, ou até prejudicar a pessoa, acho UÓH!
    Mas quem consegue resistir a uma fofoquinha do tipo fulana tá saindo com ciclano!? Eu pelo menos não! hahha...
    BjoO

  4. Acho q eu já tive essa fase fofoqueira... infelizmente! Mas é bom, pq a gente aprende como faz mal e como é ruim e como a gente se sente mal tbm com isso!
    Sei que aprendi MUITO! E hoje, qquer pessoa q venha me fazer uma fofoca, eu já digo "Não gosto de falar de outro sem q ele esteja presente pra se defender". Tem pessoas q eu gosto e tem essa coisa de falar da vida dos outros... mas já aprenderam tbm q eu não gosto.
    Enfim... acho q a fofoca é INVERSAMENTE proporcional ao respeito ao próximo.
    MTO bom o seu post!
    Bjks

  5. Hestia says:

    Nossa senhora! isso acontece de mais né! fofoca é uma droga..
    e no trabalho então!! eu detesto isso..
    queria que todo mundo tivesse coragem de falar as coisas na frente das outras pessoas!

    muito bom o texto e as colocações

    beijos mah

  6. Jac Bagis says:

    a realidade é que onde tem pessoa reunida, sempre vai surgir um determinado assunto sobre uma ou mais pessoas.. o que ela fez, o que deixou de fazer, com quem saiu...

    bom, vc disse tudo e não há mais o que acrescentar... a realidade é q até quem não gosta, não resiste e não assume. Veja o bafafa q deu o da Ana Maria Braga? E quantas vezes em outra emissora no seu programa rolava as fofocas das celebridades???

  7. Amandinha says:

    Eu tb odeioo fofoca, pior ainda saber que tem gente falando pelas costas!!!
    bjs
    amandinha

  8. Talita says:

    Ninguem merece fofoca.....
    isso é um saco.
    Amei o post.
    Beijos

  9. Amigaaaaaaaaaaaaa,
    repito...Amei este template.
    Escutaaa, nosso encontro de blogueiras do Rio de Janeiro vai ser um luxo!!!
    Estou fechando vários parceiros.
    Já sabe que vc será a convidada de honra. Não temos como agradecer a força que está dando para todos os clientes da Espaço Mídia.
    Em breve te passo as novidades.
    beijosssssss,
    Rejane

  10. taí uma coisa que eu não suporto: fofocaaaaaa!

    ...e fofoqueiros!!!

    ótimo post!

    =D

  11. Má, penso assim: o peixe morre pela boca. Por isso me afastei de muitas pessoas da turminha do blá blá blá e hoje sou muito mais feliz , perto de gente que se importa e que só fala quando realmente importa.
    fofoca é o fim!!!
    Amei este post, espero que muitas pessoas leiam e algumas possam rever seus conceitos.
    Beijossssssssssss e tudo de bom pra ti, minha amiga linda
    Vero

  12. GABY says:

    Eu ja fui alvo de muita fofoca !!
    q o meu povo do interior ja viu né ? adoram se meter na vida dos outros

  13. ANDRÉIA says:

    Sinceramente, adorei o post !
    Como sempre, você consegue ser clara, porém, delicada.
    Meus sinceros parabéns pela forma como conduz esse blog e pela pessoa sensacional que demonstra ser.

Leave a Reply

Comentários são muito bem vindos, sempre, a opinião mesmo que contrária será sempre respeitada. Porém aqueles que fugirem às regras do respeito mútuo não serão publicados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.