Dura Verdade X Doce Mentira... Por Jac Bagis


Dura verdade X Doce Mentira

Lembro-me que dos 9 aos 14 anos, na escola onde eu estudava lá em Itaquaquecetuba, tinha uma verdadeira “febre” entre as alunas: o caderno de enquete. Era um caderno onde as donas deles colocavam várias perguntas para serem respondidas pelas pessoas que lhe eram entregues:

  1. Qual seu nome completo?
  2. Quando você faz aniversário?
  3. Você tem apelido?
  4. Qual é o teu signo?
  5. Qual a tua novela preferida?

Era na realidade uma entrevista... Desde perguntas simples e daí quando entrei na fase “aborrecente” vinham também perguntas mais “quentes”:

1. Você já deu seu primeiro beijo? Quem foi?
2. Você é virgem? (eu sempre respondia que era peixes... RS)
3. Você gosta de homem ou mulher?

Eu gostava tanto destes cadernos, que às vezes levava 2, 3 escondidos da minha mãe pra responder em casa. Quando ela perguntava o que eu fazia, lógico que eu respondia: “To fazendo lição de casa!”. Eu me lembro que o ultimo caderno de enquete que eu tive, era um caderno brochura pequeno, com 200 folhas e eu deixava duas folhas por pergunta, porque muitos colegas o respondiam. A ultima pergunta que eu deixava nesses cadernos era: “Você pode deixar uma mensagem pra dona deste caderninho?” e numa dessas mensagens, uma foi deixada por uma querida professora de matemática que eu me lembro sempre com carinho (e claro que ela amava responder esses caderninhos!) e essa mensagem eu me lembro sempre:

“Prefira a dura verdade a doce mentira”

Na época, com 14 anos, eu não entendi muito bem o que ela quis dizer com isso, mas confesso à vocês que esta frase ficou martelando em minha cabeça. Não sei se todos os meus colegas de escola respondiam as perguntas com sinceridade, mas ao passar dos anos, com a maturidade quem vim adquirindo ao longo do tempo, hoje posso afirmar que é melhor a dura verdade. Claro que, para todo mundo a verdade nem sempre é conveniente. Um exemplo: pergunta para o marido/namorado se ele acha que você está gorda?

Lembro-me na época de namoro quando descobri que meu namorado tinha ficado com a minha melhor amiga (da época). Antes de saber, claro que todo mundo já sabia, menos eu. Durante os dias que se seguiram, meu namorado estava me bajulando muito, sempre perguntando com quem eu tinha conversado, se alguém tinha me ligado... Nem me toquei é que ele estava preocupado: não contava com o azar de saber que a maior fofoqueira da escola havia descoberto pela boca da minha amiga e aquele assunto havia se espalhado como fogo em palha seca. Até que não agüentou mais e me contou... Perdi o chão, o céu. Ele estava aliviado por dizer a verdade (e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará), mas ao mesmo tempo preocupado e arrazado porque tinha certeza que ali seria o ponto final do relacionamento.

Toquei neste assunto porque quero enfatizar à vocês que quando se conta uma mentira, você conta mais dez para sustentar a primeira... E se você se acostuma a sempre mentir, uma hora você acaba acreditando na mentira. E como mentira tem perna curta, vocês já sabem... E como é ruim ser pega no flagra! Como é ruim ser pega na mentira!

Mas, mesmo tendo pessoas ao seu redor, há alguém que nunca mente para nós: o espelho. Pare em frente a um espelho e analise a si mesma em frente a ele. Dele nada escapa. Pra falar à verdade pra vocês, na minha casa você nunca encontrará um espelho grande, que dê pra se ver de corpo inteiro porque prefiro só me ver acima do pescoço porque me dá a sensação de ser mais magra. É verdade, não consigo me aceitar gordinha, luto já há dez anos na balança, mas não me deixo me consumir por isso não, vou seguindo a vida em frente e é claro que tem momentos que quando penso nisso fico triste, choro, mas enxugo as lágrimas e vou indo. Mas quando preciso fazer alguma apresentação, eu sempre me olho no espelho e ensaio para ver como me saio, vou corrigindo o que não gosto... É duro ver e aceitar a realidade, mas quando a gente aceita estamos com o pé no chão.

Já passaram pessoas na minha vida que em algum momento precisaram me dizer a verdade. Houve pessoas que souberam dizer, outras não e recebi essa verdade de duas maneiras: de cabeça erguida, escutando tudo mesmo aceitando ou não, ou então chateada, de cabeça baixa. Meus amigos evitam perguntam as coisas pra mim porque dizem que sou muito dura no falar, mas isso já herdei do Sargento Toledo (meu pai). Ele é uma pessoa que escuta, analisa, observa e depois fala. E muitas vezes me encontro assim também. Se tem algo que acontece que foge do meu controle, dificilmente você me verá descer das tamancas ou rodar a bahiana (a não ser por alguns “agravantes” como TPM, acesso de ciúmes do marido, mexer com meus filhos...), mas se eu não rodas a bahiana com você, se prepare porque não vai sair coisa boa.

Olhe-se no espelho, converse com você mesma. Olhe seus traços, seus olhos, seus cabelos... Reflita sobre o que te aflige o que te incomoda em frente ao espelho... Lembre-se que ele está ali e fala a verdade sem nenhuma palavra...

Você prefere o que? A verdade ou a mentira? Até semana que vem... Beijos, Jac

Categories:

15 Responses so far.

  1. Ro says:

    Talôka Beesha?
    Se for pra dizer que eu sou linda?
    Mente pra mim , mente muuuito!!!!
    Porque a verdade é que nunca fui , e me recuso a ficar triste por isso.
    As pessoas reagem aquilo que é mostrado a elas.
    Se você andar como se fosse a mulher mais linda da rua , mesmo não sendo , alguém sempre vai te olhar com admiração e querer saber " oquiéque a baiana tem".
    Eaí , sou linda , ou não sou?

    Mil beijos.

  2. Marília, adorei o post!
    Eu acho horrível pessoas que mentem, tenho uma amiga que faz isso o tempo todo, mesmo com as coisas mais simples, virou um hábito pra ela, acho triste.
    Não consigo imaginar uma pessoa que vive de mentiras sendo feliz.
    Beijos!

  3. thalyta says:

    marilia, tudo bem? é a primeira vez q visito o teu blog, ainda tô aprendendo a mexer. Vim ler o texto da minha amiga, ela nunca me disse que tinha este dote artístico, escreve muito bem!

    parabéns bagis, vc é show! sempre procurando colocar a auto estima da mulherada pra cima! agora toda semana vou vir aqui ler as mensagens, a não ser qeu você monte um blog pra postar todo dia.

    estou aqui na França trabalhando e estudando, mas nunca esqueço de você amiga, dos conselhos, dos papos. Tô com muita saudade!

    e marilia, a jac me contou da rifa, pode contar comigo, vou participar e se eu ganhar, pode entregar pra ela que quando for pro brasil eu pego.

    beijos, thalyta

  4. thalyta says:

    ah, esqueci de dizer qeu votei na jac na lateral pra ela ganhar o shoes, acho que ela já ganhou. acho não, tenho certeza!

    beijo

  5. Bia Abreu says:

    Ah depende ...
    Tem horas que a verdade dói p caramba!Mas é claro que na maioria das vezes a mentira gera odio e rancor.

  6. Adorei o post...prefiro sempre a dura verdade,prefiro que doa,prefiro sofrer agora do que ter que passar por tudo isso descobrindo uma mentira...sou uma pessoa sincera (até de mais,é o que me dizem)e não consigo mentir nem que seja uma coisa boba do tipo:
    -você gostou dessa roupa em mim?

    -Sinceramente?Eu não...fico parecendo uma capa de bujão de gás...
    e quando digo que não sei mentir ninguém acredita,só passa a acreditar quando veem com os próprios olhos....sei lá,odeio mentira,quando alguém mente pra mim dificilmente eu perdoo...bjiixxxxxx http://tatto-patinhas.blogspot.com/

  7. Oi linda, seus textos sempre maravilhosos! Menina eu respondi tantos cadernos desses quando era adolescente, aqui em Alagoas a gente chamava de caderno de perguntas! Hoje a gente nem ve mais isso, o mundo mudou muito e hoje os adolescentes preferem fazer na real do que escrever, acabou-se a inocência. Otimo titulo, e olha, não liga pro que as pessoas possam pensar em falar, não importa se vc tem 50 kg ou 150 kg, o que importa é se vc está se sentindo bem! Isso que importa! Levanta a cabeça, não fica triste.

    Bjus.

  8. É horrivel mentira, vc perde o chãoq do descobre a verdade. Melhor a dura verdade mesmo.
    Marilia, passa no blog, está rolando sorteio de um esmalte chanel. Participe!
    Bjs Pin Up

  9. Melhor a verdade dita que a mentira camuflada!!
    bjss

  10. A mentira é terrível, as vezes pode parecer ser a melhor solução, mas eu ainda acredito que a verdade é sempre melhor! Conheço uma pessoa que mente tanto, que ja virou rotina, ela não sabe mais diferenciar o que realmente é fato ou imaginação, muitas das vezes todos sabem que ela está mentindo, mas ela continua afirmando que é verdade, acho que é doença, da dó, pq perde a credibilidade totalmente né!

    A mentira sempre trás a dor, seja no tempo que for, mas a consequência é sempre muito dolorosa, acho que a cabeça da pessoa e o coração não fica em PAZ!

    Eu prefiro a verdade, as vezes ela dói também, mas pelo menos nos liberta!

    Beijos

  11. claudia says:

    A verdade sempre...

  12. claudia says:

    A e eu também respondia cheia de alegria e entusiasmo estes cadernos mega-importante...se estudasse com metade da concentração que respondia a estes tirava A até em matemática...

  13. Arrazou no post!
    Achei muito bomseu post de hoje viu ! concordo plenamente ,odeio mentira , e prefiram que me digam a verdade mesmo que doa , prefiro sempre a verdade!
    bjinho
    amo sua visita no meu blog viu !
    Flávia do blog Luxo básico

  14. posso ser prá lá de sincera? ás vezes nem verdade, nem mentira, rezo pela ignorãncia - tipo o que os olhos não vêem o coração não sente...pode ser covardia, mas...

  15. Jac, prefiro sempre a verdade por mais ruim q seja. Viver na mentira deve ser muito ruim mesmo e o pior nínguem vai confiar nessa pessoa.
    adorei o post.
    bjsss

Leave a Reply

Comentários são muito bem vindos, sempre, a opinião mesmo que contrária será sempre respeitada. Porém aqueles que fugirem às regras do respeito mútuo não serão publicados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.