A fortaleza de uma mulher! Renata Nogueira

É claro que passando mais uma vez (leia-se sempre) no Mix Cultural da Beta, me deparei com mais um artigo dela com a entrevista da autora do livro:
" Vem ni mim lili demorada" da Renata Nogueira.

Clique aqui aqui para ler a entrevista.

Claro que num dia daqueles de puríssima Síndrome de Pânico em conjunto com TPM, me sentindo o lixo dos lixos, a pior mãe, a mais feia esposa e essas coisas que a gente sente nesses dias, li a entrevista dessa mulher e o resumo do livro dela, e fiquei até com vergonha, pois passar o que ela passou e ainda sorrir e ter um blog que além de falar sobre temas super importantes, ela também sorri, brinca e etc. Brincou né? Que força é essa? Daonde ela tirou? Só lendo o livro e participando do blog.

" Vem ni mim lili demorada, é um jargão usado na cadeia que significa "Vem pra mim liberdade demorada". Este livro é mais do que uma história verídica de uma cidadã comum que da noite para o dia vê sua vida ruir quando é levada, presa, a uma penitenciária feminina sob acusação de formação de quadrilha. Ele fala de sentimentos. Do amor incondicional como o que ela, Renata, tem pelo filho, de amizade, de companheirismo, e também de perdas. Mostra o quanto nada somos diante do que o destino nos reserva e de como podemos ser tudo, quando temos fé, família, amigos e a certeza de sermos do bem. Detalha com requinte a rotina das mulheres num presídio feminino. Levanta a falta de amor e de sinceridade nas relações humanas do lado de fora do cárcere, e explicita o inacreditável companheirismo entre pessoas estranhas, lá dentro. Sentimentos confusos que se transformam em pura força e determinação."

Passem no link da Beta pra conhecer melhor esta mulher que passou o pão que o Diabo nem quis amassar e encontrou forças pra superar e depois passem no blog dela: Vem ni mim lili demorada

Olha o que ela me respondeu no email que eu mandei pra ela:

Eu encaro a vida assim mesmo...vou enfrentando as barras e largando pra trás. Sabe, se tem uma coisa que eu tenho pavor é de dramas, por isso tratei de não passar essa impressão no meu livro, de ser uma pessoa dramática.
Lógico que sofri muito com a prisão, mas não foi o fim do mundo porque eu sabia que não seria para sempre.
Acho que a única coisa que me tira os pés do chão é quando é relacionada a meu filho, aí eu enlouqueço.

Eu sei que vocês também vão ficar comovidas com a história dela como eu fiquei e vão querer conhecer melhor a Renata que é um doce de pessoa.

Beijos

Categories:

9 Responses so far.

  1. O destino pode ser generoso ou pode ser uma surpresa desagradavel e não depende só das nossas escolhas, ele é aleatório, por isso Má, aprendi e tento praticar, o não julgamento de nada e ninguém, pois ao virar a esquina, minha vida pode dar uma reviravolta e todos meus conceitos pré-estabelecidos ruírem, então viver a vida sem preconceitos e aberta, é um bom caminho para se fortalecer para as surpresas da vida!! Um beijão querida

  2. Gigi, esse livro estará na minha wish list urgente!
    Admiro quem consegue passar pelas dificuldades e manter-se tão íntegra, lúcida e feliz!

    Ninguém sabe o que o futuro reserva, mas o que importa não é o que nos acontece e sim nossas reações a esses acontecimentos.

    É o princípio 90/10, conhece?
    Vale a pela ler, acho que voce vai gostar.

    http://danielkamakura.wordpress.com/2007/03/20/o-principio-9010-stephen-covey/

    Um beijo carinhoso e um bom dia pra ti

    =)

  3. c r i s says:

    Não sei dizer se escolhemos ou não o que acontece conosco, a maioria das vezes, penso que não. Mas a maneira como olhamos e enfrentamos tudo isso , é o que relamente conta e vai construindo nossa base de sustentação, também adoto a filosofia do não julgar! E bola prá frente, minha querida! Bjo e bom findi!!

  4. Oieee Gigi
    vim retribuir a visita adorei viu

    que legal esse livro to precisando ler ...

    bjokas e otimo fim de semana

  5. Oieeee....
    Primeiramente, fiquei muito feliz com sua visita em meu blog, adoreeeeei, a casa é sua viu.

    E seu blog... que grata surpresa essa resenha que vc publicou sobre a Lili demorada... Eu vou atrás do livro é já!

    Ahhh.. o meu e-mail é bruxaaramantha@gmail.com
    o Twitter é @maoslindas

    Beeeeeijos no coração e obrigada mais uma vez.

    Ara
    www.maoslindas.blogspot.com

  6. Gigi, fiquei sem palavras!
    Muitíssimo obrigada por esta postagem, de verdade!
    Beijão,
    Re

  7. Marilia says:

    Eu sabia que vcs e outras que aind vão ler gostariam de saber da história dessa mulher. Obrigada pelos comentários.

  8. Vim visitar seu cantinho,adorei,este livro deve ser ótimo,adoro ler esse livro é uma boa dica.Acabei de ler A CABANA,FICÇÃO dá para viver melhor depois dele!!

    bjos!

  9. Letícia says:

    Nossa o livro parece ser otimo mesmo!!!... Tenho um sério problema de sensibilidade ñ consigo me segurar com certas coisas... com certeza esse é um dos livros q eu derramaria algumas lagrimas!!! otima dica flor!!!
    bjs,

Leave a Reply

Comentários são muito bem vindos, sempre, a opinião mesmo que contrária será sempre respeitada. Porém aqueles que fugirem às regras do respeito mútuo não serão publicados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.