Carta pra Giovanna

E com a onda da Beta de escrever uma carta pra Marília mais nova, como sou mãezona, decidi escrever uma carta pra Gi quando estiver mais velha. Aí vai:

Filha linda, você foi feita com muito amor, e quando a mamãe nem tinha mais esperanças de ter uma criança em casa, quando a mamãe já cuidava da Ia (Lígia sobrinha amada), como se fosse dela, então veio você, de supetão, como você sempre fez chegou sem pedir licença e já tomando todos de susto, e encantando à todos.
Meu amor nunca perca essa habilidade de criar, de se fazer presente, de dar amor.

Mamãe chorava ao ver sua preocupação com os outros, quando eu chorava por alguma coisa você vinha me consolar, quanta responsabilidade! E você agia como se fosse a coisa mais normal do mundo.

Às vezes a mamãe se aborrecia e brigava com você por causas de bobagens como você falava, mas era para sua educação querida, era para nessas pequenas coisas você aprender como o mundo vai ser com você, e como você deve agir, sempre seja correta com os outros e com a natureza.

Lembra de quando seu avô pegava rolinhas pra você e você as tratava como se fossem suas filhas, mas no final do dia a mamãe fazia questão de soltá-las dizendo que elas tinham que ir para casa, eu sei que você ficava triste, mas era pra você aprender que nenhum ser vivo gosta de ficar preso a nada nem a ninguém, se as pessoas ficam na nossa vida é porque querem e nenhum artíficio vai fazê-las ficarem sem ser por vontade própria.

Tinha uma brincadeira com o seu pai que uma mão era irmã da outra, na vida adulta também é assim filha, trate todos como se fossem parte de você, porque o mundo todo é conectado e todos fazemos parte uns dos outros.

Quando você estava brincando com suas amiguinhas e elas queriam algum brinquedo que era o seu favorito e você não queria dar, mas a mamãe com muita calma pedia pra você dividir, era pra você agora crescida saber se doar e dividir com os outros mesmo aquilo que seja muito querido seu, porque se doar é tudo nessa vida querida, não importa se as pessoas vão agir do mesmo modo que você, o importante é o que seu pai sempre disse: Fazer o bem sem olhar a quem, e não esperando nada de volta.

Quando seu pai plantava grãos de feijão e sempre lhe chamava para ver o crescimento da plantinha, era para te mostrar que tudo começa pequeno e pode crescer, nada aparece já perfeito ou pronto, é como a sementinha vai crescendo aos poucos, por isso é preciso plantar seu grãozinho na vida, regar, cuidar, para que possa crescer forte e um dia se tornar uma árvore. Assim são seus sonhos na vida linda.

Lembra quando a gente enchia você de beijos e te chamava de princesa, jamais se esqueça disso, você é a nossa princesa e sempre vai ser, e vai ser princesa na vida, nunca deixe que te digam que você não consegue, siga seus sonhos até o fim, mesmo com os percalços do caminho, siga em frente.

Todos os filmes de princesa que você viu, e as fantasias que a mamãe rodava o mundo para conseguir e você vestir, foi para você exercitar sua imaginação, então aproveite esse mundo de idéias, e lembre-se que você sempre insistia em quando contávamos histórias antes de dormir que no final tinha que acabar com os felizes para sempre. Pode-se ser que os felizes para sempre não é o como você imaginava que devia ser, mas com certeza vai ter sempre um final feliz para você se você principalmente se você tratar todo mundo bem, com dignidade e respeito.

Pra finalizar filha, nunca se esqueça do quanto você foi amada, e repasse esse amor pelo mundo.

Beijos de sua mãe.

Categories:

5 Responses so far.

  1. vixe, chorei rsss, beijos

  2. Beta says:

    Eu quero uma filha tb! rs
    Linda sua carta para a pequena!
    Bj

  3. c r i s says:

    Olá Marilia, que bela carta... considere links trocados e visitados, mais de uma vez com certeza... Bjo!

  4. Jac Bagis says:

    q carta linda marilia! eu chorei... emocionante!

Leave a Reply

Comentários são muito bem vindos, sempre, a opinião mesmo que contrária será sempre respeitada. Porém aqueles que fugirem às regras do respeito mútuo não serão publicados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.