Terapia Comportamental, o que é isso?

Todos sabem que eu sofro de síndrome de pânico com agorafobia, então cada vez mais pesquisando descobri algo que possa ajudar muito, inclusive nesses meus estados de "trava" quando acontecem, a Terapia Comportamental, mas o que será isso? Vamos descobrir juntas?

O que é Terapia Comportamental?

A Terapia Comportamental pode ser entendida como um processo de aprendizagem, que tem por objetivo auxiliar as pessoas na resoluçãoo de problemas e dificuldades da vida. Ela é um espaço para ampliar a auto-observação, trazendo à consciência uma parcela maior daquilo que fazemos e, principalmente, das razões que nos levam a fazer o que fazemos.

A Terapia Comportamental fundamenta-se na idéia de que, ao promovermos nosso autoconhecimento, é possí­vel aumentar nossa capacidade para agirmos no mundo da maneira que queremos. Desta forma, podemos melhorar nossos pensamentos e sentimentos, em relação ao mundo e a nós mesmos.

É importante lembrar que, embora algumas das causas dos nossos problemas possam estar na nossa infância, é a compreensão das situações pelas quais passamos ou que vivenciamos no cotidiano de nossos relacionamentos que pode fornecer a chave para as mudanças que desejamos ou que necessitamos.

O que faz um Terapeuta Comportamental?

O terapeuta comportamental não é um conselheiro e também não é alguém que apenas ouve e interpreta aquilo que lhe contam: ele busca, junto com aquele que procura a ajuda psicoterapêtica, encontrar estratégias alternativas de ação, visando produzir mudanças efetivas em sua vida.

Buscando uma definição clara dos objetivos da psicoterapia para cada pessoa, cabe ao terapeuta comportamental abrir um leque de opções de conduta, auxiliando na análise das conseqüências positivas e negativas de cada uma e, então, aceitar e colaborar na decisão que a pessoa toma.

A Terapia Comportamental é uma forma de Análise do Comportamento aplicada aos diversos problemas da vida

Espera-se encontrar na Terapia Comportamental uma ajuda fundamentada em conhecimentos aprofundados acerca do comportamento humano, que ultrapassem o senso comum. Nesse sentido, vale a pena também lembrar que a Terapia Comportamental se apóia em um campo da Psicologia denominado Análise do Comportamento, que estuda o comportamento humano de uma maneira diferente daquela que se encontra na maioria dos livros de auto-ajuda ou em práticas místicas (como, por exemplo, Astrologia, Tarô, Florais de Bach, Reiki, Terapia de Vidas Passadas-TVP etc). Ao invés de seguir crenças, dogmas e o senso comum, a Análise do Comportamento faz pesquisas criteriosas com base no método científico e conta com pesquisadores academicamente conceituados em diversas Universidades ao redor do mundo inteiro.

Quando procurar a ajuda da Terapia Comportamental?

Muitas pessoas procuram a Terapia Comportamental em função daquilo que estão sentindo, diante de problemas específicos (por exemplo, transtornos de ansiedade, depressoo, stress, problemas psicossoá¡ticos e sexuais) ou diante de problemas difusos (que elas não sabem especificar). Mas não há mal nenhum em pensar a Terapia Comportamental também como uma importante fonte de auxílio, sempre que não nos percebemos capazes de lidar sozinhos com questões impostas pelas diferentes situações da nossa vida.

"Como as pessoas se sentem é freqüentemente tão importante quanto o que elas fazem"

Esta frase, de um importante psicólogo do século XX (B. F. Skinner, 1904-1990), resume muito do que está por trás da psicoterapia: a relação entre nossos sentimentos e nossas ações. Da mesma forma que já se comprovou haver relação entre a saúde física e o bem-estar psicológico, já sabemos que não faz sentido nos preocuparmos com uma única dimensão do ser humano. Somente com uma visão integrada de tudo aquilo que faz com que sejamos o que somos é que poderemos encontrar o caminho para uma vida mais saudável e mais feliz.

Saiba mais: Terapia Comportamental - Piscoterapia do Comportamento

Vamos entender mais, nos ajudar mais, talvez estejamos precisando e nem sabemos.

Bjs natalinos


Categories:

5 Responses so far.

  1. A terapia comportamental tem sido a grande aliada como auxiliar no tratamento do TDAH, é de extrema importancia e para a sindrome do panico é um dos melhores caminhos para seguir, adorei amiga, beijos

  2. Marilia says:

    Rô não sabia que também era boa para o tratamento de TDAH, eu vou tentar no ano que vem, já é promessa.

    Marina,

    Obrigada!

  3. Ro says:

    Eu quero-preciso de terapia , qualquer uma.

  4. Ro says:

    Eu quero-preciso de terapia , qualquer uma.

Leave a Reply

Comentários são muito bem vindos, sempre, a opinião mesmo que contrária será sempre respeitada. Porém aqueles que fugirem às regras do respeito mútuo não serão publicados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.